Procedimentos
Você está em: Ínicio > Procedimentos

Exames

Ecocardiograma

O ecocardiografia ou ultrassom do coração, é um exame de diagnóstico não invasivo que usa um aparelho de ultrassom para visualizar o coração. O ecocardiograma consegue mostrar o tamanho, as válvulas, a espessura do músculo do coração e a capacidade de funcionamento do coração.

Antes de realizar o exame, não é necessária nenhuma preparação. O indivíduo pode alimentar-se normalmente, fazer atividade física e tomar remédios, exceto no ecocardiograma transesofágico, que é quando o exame é realizado com uma sonda semelhante a endoscopia. Neste caso, o paciente deve estar em jejum.

Durante o ecocardiograma, será colocado um gel condutor no peito e o médico irá passar o ultrassom que transmitirá as imagens para um computador.

Holter

PARA QUE SERVE E COMO É FEITO ESTE EXAME?

É um eletrocardiograma comum, mas que dura 24 horas. Ele é indicado para detectação de arritmias cardíacas, avaliação de marcapasso, alterações do ritmo cardíaco como palpitações, tonturas, sensações de desmaio e desmaio, dentre outros. Durante 24 horas são colocados no tórax eletrodos ligados a um pequeno aparelho pendurado na cintura.

NO DIA DO EXAME É RECOMENDADO:

- Tomar banho antes da colocação do aparelho e não usar cremes no tórax;
- Vir com roupa adequada (blusa ou camisa aberta na frente)

Mulheres: Não vir de vestido!

COLOCAÇÃO:

- Será passado uma lixa delicadamente e a seguir colocados 04 eletrodos sob a pele na região do tórax (homens terão os pêlos do tórax raspados);
- Você receberá um formulário onde deverá ser anotado o horário dos sintomas (Palpitações, tonturas, sensação de desmaio, desmaio, dor no tórax, falta de ar, etc.), do uso de medicamentos e atividades do dia a dia.

Ex: Palpitação às 10:30h em uma reunião de trabalho.

APÓS COLOCAÇÃO:

- Não retire o aparelho da capa;
- Realizar apenas asseio. Banho, não!
- Ao dormir colocar o aparelho ao lado do corpo. Não colocar em baixo do travesseiro, pois ele poderá desligar;
- NÃO mexer nos botões do aparelho! Ele tem programação específica;
- No dia seguinte comparecer a clinica para retirá-lo.

OBS: Caso o aparelho desligue, retornar a clinica para repetir o exame.

Atenção: Não atrasar a entrega do aparelho, pois prejudicará o próximo paciente.

No caso de não comparecimento, favor cancelar o exame com antecedência

 

Mapa

PARA QUE SERVE E COMO É FEITO ESTE EXAME?

Ele é indicado para diagnóstico e avaliação de tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica. Durante 24 horas o paciente permanece com um manguito de pressão em um dos braços conectado a um gravador.

NO DIA DO EXAME É RECOMENDADO:

- Tomar banho antes da colocação do aparelho e não usar cremes no tórax;
- Vir com roupa adequada (blusa ou camisa aberta na frente)

OBS: Não vir de vestido!

COLOCAÇÃO:

- Será instalado em um dos braços um aparelho para medir a pressão, conectado a um gravador que permanecerá por 24 horas.
- Você receberá um formulário onde deverá ser anotado o horário dos sintomas, do uso de medicamentos e atividades do dia a dia, TODAS as vezes que o parelho pressionar seu braço.

Ex: Horário em que: Dormiu (Colocar observação se dormiu bem ou não), acordou, medição e horário, realizou esforço físico, etc.

APÓS COLOCAÇÃO:

- Não retire o aparelho da capa;
- Realizar apenas asseio. Banho, não!
- Ao dormir colocar o aparelho ao lado do corpo. Não colocar em baixo do travesseiro, pois ele poderá desligar;
- NÃO mexer nos botões do aparelho! Ele tem programação específica;
- Quando o manguito for encher, pare o que está fazendo, estique e relaxe o braço.

O aparelho apitará caso seu braço não esteja esticado!

OBS: Caso o aparelho desligue, retornar a clinica para repetir o exame.

Atenção: Não atrasar a entrega do aparelho, pois prejudicará o próximo paciente.

No caso de não comparecimento, favor cancelar o exame com antecedência.

Teste Ergométrico

No dia do exame é recomendado:

- Não fumar;
- Não praticar exercícios físicos extenuantes, nem ingerir bebida alcoólica no dia ou na véspera do exame;
- Tomar banho e não utilizar hidratante corporal na região do tórax no dia do exame.
- Não vir em jejum, fazer uma refeição leve até 1hora antes da realização do exame.
- Evitar consumir bebidas contendo cafeína: café, chá-preto, coca-cola, refrigerantes, chocolates.

Trajes:

- Mulheres: Tênis, bermuda ou roupa esportiva, toalha e sutiã sem aro de metal.

Atenção: Em caso de uso do sutiã com aro de metal, o procedimento será remarcado, pois o mesmo causa interferência no exame.

- Homens: Tênis, bermuda ou roupa esportiva e toalha.

OBS: Paciente em uso de medicação ingeri-la regularmente, inclusive no dia do exame, exceto se seu médico orientar a suspensão do medicamento.

ATENDIMENTO POR HORA MARCADA!

O paciente deve comparecer a clinica com pelo menos 15 minutos de antecedência para a realização de cadastro, autorização e preenchimento de guias. No caso de não comparecimento, favor cancelar o exame com antecedência.

Angiografia Cerebral

COMO SE PREPARAR PARA A ANGIOGRAFIA:

No dia do exame, é necessário que um familiar o acompanhe durante o procedimento.

Deve ser observado um jejum de 6 a 8 horas.

Apenas os anticoagulantes orais (pelo risco de sangramento) e a metformina (que tem interação negativa com o contraste) devem ser suspensos alguns dias antes, conforme orientação do médico. Os demais medicamentos não precisam ser suspensos, mas o médico deve ser informado de seu uso.

Pacientes alérgicos precisam fazer um tratamento prévio, por causa do contraste.

Pacientes com disfunção renal merecem cuidados a serem definidos pelo médico, em vista da utilização do contraste.

Pacientes renais crônicos devem fazer diálise no dia que antecede o exame.

COMO O EXAME É REALIZADO?

Para a realização do exame deve-se conseguir acesso ao espaço intravascular de uma artéria, obtido através de uma punção. Um fino tubo esterilizado, flexível e de pequeno calibre (cateter) é introduzido, geralmente numa artéria da virilha, onde ela se localiza superficialmente e pode ser comprimida com mais facilidade, quando da retirada do cateter. Artérias de outras áreas do corpo também podem ser utilizadas para introduzir o cateter, tais como o braço, por exemplo. Esse cateter é direcionado ao local desejado com a ajuda de um aparelho especial que permite a visualização dele num écran e quando estiver posicionado no local desejado um contraste rádio-opaco é injetado, para obter imagens do sistema arterial regional. Normalmente o paciente estará deitado numa maca e receberá um medicamento sedativo, para ajudá-lo a se relaxar. O médico aplicará um anestésico local na área por onde introduzirá o cateter. O aparelho que permitirá a visualização do cateter e seu posicionamento chama-se fluoroscópio (aparelho especial de Raios-X). Imediatamente após o contraste ser injetado serão feitos vários filmes, para estudar os vasos envolvidos. O paciente deve permanecer imóvel enquanto as imagens estiverem sendo tomadas. Terminado o procedimento, o cateter será removido. O paciente deverá permanecer em observação por algumas horas e depois de liberado necessitará de alguém que o acompanhe na volta para casa. 

Angiotomografia

INDICAÇÕES DA ANGIOTOMOGRAFIA:

·         Em caso de sintomas de doenças do coração;

·         Indivíduos com doenças cardíaca instalada;

·         Suspeita de calcificação coronariana;

·         Verificar eficácia de Stent após cirurgia de ponte safena;

·         Aneurisma cerebral;

A angiotomografia demora em média 10 minutos, e 4 horas antes de sua realização o indivíduo não deverá comer nem beber nada.

Os medicamentos de toma diária podem ser tomados à mesma hora, mas recomenda-se não tomar nada que contenha cafeína e nenhum medicamento contra a disfunção erétil 48 horas antes do exame.

Minutos antes da realização da angiotomografia o indivíduo deverá tomar um medicamento para diminuir a frequência cardíaca e outro para dilatar os vasos sanguíneos, com o intuito de melhorar a sua visualização das imagens cardíacas.

Audiometria Tonal e Vocal

O QUE É?

O exame de audiometria tonal dura aproximadamente 30 minutos e visa avaliar a função auditiva do paciente (inclusive crianças em idade pré-escolar) através da obtenção de limiares auditivos, estabelecendo o mínimo de intensidade de estímulos sonoros que o indivíduo percebe e avaliando o tipo e grau da perda auditiva. É um dos testes básicos de avaliação da audição, imprescindível para o diagnóstico, acompanhamento da evolução e tratamento de doenças da audição. O profissional irá apresentar sons com diferentes intensidades e frequências através de um fone devidamente colocado e o paciente apertará um botão ao ouvi-los.

PREPARO:                                                                   

14 horas de repouso acústico (não estar exposto a ruídos fortes e constantes).

Papanicolau

Quem deve fazer este exame?

É recomendado para todas as mulheres sexualmente ativas, independentemente da idade. Deve ser iniciado pelo menos 3 anos após início da vida sexual ativa ou antes dos 21 anos de idade (o que acontecer primeiro).

A coleta pode ser interrompida aos 65 anos, se houver exames anteriores repetidamente normais.

Como devo me preparar para a realização do exame?

O melhor período do ciclo menstrual para a realização do exame é pelo menos uma semana antes da menstruação.
Deve ser evitado o uso de cremes ou duchas vaginais por 48 horas anteriores ao exame e não ter relações sexuais pelo menos 24 horas antes do procedimento.

O que ocorre durante a realização do procedimento?

É um exame bastante simples. A paciente fica na posição ginecológica (deitada, com os joelhos dobrados e as pernas afastadas), o médico introduz um espéculo na vagina, retira material do orifício do colo do útero e da parede vaginal e encaminha para análise em laboratório de citopatologia.

Não há dor durante o exame, algumas mulheres sentem um leve desconforto. É importante manter-se relaxada durante o procedimento para facilitar a introdução do espéculo.

O que esperar após a realização do procedimento?

Se o resultado mostrar células normais, não é necessário nenhum tratamento.

Caso haja alguma infecção, o ginecologista irá orientar um tratamento específico.

Densitometria Óssea

O que é?

A densitometria óssea é um exame de radiologia que mede, com rapidez e precisão, a densidade dos ossos. O resultado é comparado com padrões para idade e sexo.

Quem deve fazer este exame?

O exame está indicado em mulheres em fase de pré-menopausa, menopausa, pós-menopausa, em regime de reposição com hormônios estrógenos, e também nos indivíduos em uso de hormônios tireoidianos, corticosteróides, e medicamentos anticonvulsivantes.

Nas crianças, está indicado quando há necessidade de acompanhamento do desenvolvimento ósseo, em doenças osteometabólicas, e ocasionalmente em regimes dietéticos para emagrecimento.

Como devo me preparar para a realização do exame?

A rotina diária antes deste teste não precisa ser mudada, seja em relação a alimentos, bebidas ou medicamentos ingeridos, exceto por medicamentos que contenham cálcio. Estes medicamentos devem ser evitados por 24 horas antes do exame de densitometria óssea.

O paciente não deverá ter se submetido a exame de Medicina Nuclear previamente (72 horas) e não deverá ter realizado exame radiológico com uso de contraste (aguardar pelo menos 5 dias).

No dia do teste, o paciente deverá comparecer com roupa sem metais (zíper, botões, broches, etc).

 

Ecodopplercardiograma

O que é?

Estudo de imagens fotográficas obtidas por ondas de ultrassom, sobre a região cardíaca.

Tempo gasto para realização do exame: 45 a 60 minutos.

Finalidade: Diagnóstico e avaliação dos ruídos anormais do coração. Avaliar o tamanho das câmaras cardíacas (ventrículos e átrios). Avaliar o funcionamento das válvulas cardíacas. Deve vir acompanhado por outros exames. Detecção de tumores ou acumulo de líquidos no pericárdio. Avaliação da função muscular cardíaca, após um infarto do miocárdio.

Preparação prévia: não é necessária.

Descrição do exame: O responsável pelo exame, guia o transdutor sobre a parede do tórax, para enviar ultrassons, e captar os ecos, colocando previamente um gel para melhorar a adesão do aparelho a pele.

Resultados:

Normal: Ausência de anormalidades.

Anormais: podem significar miocardiopatia; cardiopatia congênita; insuficiência cardíaca congestiva; doença coronariana; aneurisma ventricular.

 

Eletrocardiograma

O QUE É E COMO SE REALIZA?

O exame é simples, indolor e geralmente muito rápido. O paciente deve deitar-se numa maca, de barriga para cima, tendo ao lado o pequeno aparelho que constitui o eletrocardiógrafo (usualmente portátil). O médico colocará eletrodos justapostos à pele dos braços (faces anteriores dos punhos), pernas (faces antero-mediais) e tórax do paciente, que captarão os estímulos elétricos do coração ou as repercussões deles à distância. A pele deve estar bem limpa e desengordurada nos locais de fixação dos eletrodos. Para facilitar a captação desses estímulos geralmente é aplicado sobre a pele um gel condutor. Os eletrodos dos membros são fixados por braceletes e os do tórax por uma espécie de ventosa de borracha, permitindo aderência à pele sem o uso de agulhas ou outros instrumentos invasivos. Se o corpo do paciente tiver muitos pelos, uma depilação deve ser feita e se a pele for especialmente oleosa deve ser promovida uma limpeza local com álcool.

Cada uma das derivações em que são colocados eletrodos capta a atividade elétrica das várias partes do coração (anterior, posterior, lateral esquerda, lateral direita). Acionada pelos estímulos elétricos, uma agulha com tinta movimenta-se no sentido vertical sobre uma tira de papel termosensível que corre horizontalmente numa velocidade padrão constante e deixa nela um registro gráfico que, analisado pelo cardiologista, indica a normalidade ou sugere as diversas patologias cardíacas presentes.

PARA QUE SERVE?

O exame pode detectar arritmias, aumento de cavidades cardíacas, patologias coronarianas, infarto do miocárdio, entre outros diagnósticos. O eletrocardiograma deve ser executado periodicamente, a partir dos 40 anos. A partir dele podem ser solicitados outros exames, mais específicos, se necessário.

Eletroencefalograma

O QUE É?

EEG é um exame que analisa a atividade elétrica cerebral espontânea, captada através da utilização de eletrodos colocados sobre o couro cabeludo. Como a atividade elétrica espontânea está presente desde o nascimento, o EEG pode ser útil em todas as idades, desde recém-nascidos até pacientes idosos.

QUAL O PREPARO NECESSÁRIO PARA REALIZAÇÃO DO EXAME?

O paciente deve estar bem alimentado.

É orientado a comparecer ao local do exame com o cabelo limpo e seco para permitir melhor fixação dos eletrodos.

Devido à importância do registro de sonolência e sono, recomenda-se especial atenção à privação parcial de sono na noite anterior a realização do exame. O paciente deve dormir no mínimo quatro horas a menos do que o habitual.

Eletroneuromiografia

O QUE É?

A eletroneuromiografia (ENMG) é utilizada para detectar alterações nos nervos periféricos dos membros superiores e inferiores, os quais podem sofrer lesões em doenças ocupacionais (do trabalho), traumáticas (acidentes de motocicletas, de carro ou por armas de fogo ou branca), podendo ainda alterarem-se nas doenças metabólicas (diabetes mellitus, alcoolismo), infecciosas e degenerativas.

QUAL O PREPARO NECESSÁRIO PARA REALIZAÇÃO DO EXAME?

No dia do exame venha alimentado. Procure vestir roupas folgadas e fácil remoção e procure evitar o uso de calças jeans (as senhoras devem vir de saia ou vestido). Não use cremes hidratantes, óleo, unguentos ou quaisquer cosméticos nas regiões que serão examinadas. O paciente deve chegar ao local de exame com 30 minutos de antecedência em relação ao horário agendado; não podemos garantir o atendimento de pacientes que chegarem depois do horário agendado.

Escanometria

É necessário agendamento prévio.

Chegar 30 minutos de antecedência.

Jejum absoluto de 2 horas, inclusive água.

Trazer exames anteriores da região a ser examinada.

Exame realizado via de regra com contraste endovenoso, aconselhamos que o cliente compareça ao exame com um acompanhante com idade superior a 18 anos.

Paciente menor de 18 anos é obrigatório a presença de um responsável legal para a realização do exame.

Paciente maior de 18 anos e desobrigado a presença do responsável legal para a realização de qualquer exame.

Não suspender medicação desde que ingerida com menos de 1/4 de copo de água.

Pacientes diabéticos e pacientes que fazem uso dos medicamentos abaixo (Cloridrato de Metformina), deverão solicitar a autorização do médico que indicou o exame para suspender o uso 2 dias após a realização do exame, devido a possibilidade de injeção do contraste endovenoso.

Espirometria

Estudo Urodinâmico

O QUE É O EXAME?

Urodinâmica é o estudo do armazenamento, transporte e esvaziamento de urina da bexiga.

A urodinâmica é o “eletrocardiograma da bexiga”.

 

COMO É FEITO?

É feita com equipamentos computadorizados conectados a duas pequenas sondas previamente colocadas na uretra do paciente e outra pequena sonda introduzida pelo ânus. Dói? Este exame não dói e é bem tolerado pelo paciente.

 

QUAL DEVE SER O PREPARO?

O paciente deverá estar na clínica 30 minutos antes do exame.

Não tome água sem que tenha vontade. Não é preciso bexiga cheia.

A urodinâmica está contra-indicada quando há infecção urinária (ardência ou dor para urinar).

Não é necessário jejum.

Tomar todas as medicações diárias, principalmente quem tem hipertensão e diabetes.

 

QUAIS OS CUIDADOS PÓS EXAMES?

A chance de infecção é muito pequena (menos de 1%), no entanto é importante que você tome o antibiótico receitado.

Recomenda-se tomar muita água após o exame.

A sensação de ardência, após o exame, é transitória e não deve durar mais que 24 horas.

Exames Laboratoriais

Holter 24 Horas

O que é e para que serve?

O Holter é um exame que permite o registo contínuo do ritmo e da frequência cardíaca, como ocorre num eletrocardiograma, durante o período de 24 horas. Destina-se a detectar alterações do registo cardíaco durante a sua atividade diária normal e a correlacionar com eventuais sintomas referenciados pelo paciente (ex: palpitações, tonturas ou perda da consciência).

Como se realiza o Holter?

O tórax é desengordurado com álcool e os eléctrodos são aplicados e ligados através de fios ao registador que será transportado à cintura numa bolsa apropriada. Durante as 24 horas a pessoa deve fazer a sua vida normal, exceto tomar banho, e registar num diário fornecido por um técnico, qualquer sintoma que se tenha apresentado. Após esse período o equipamento deverá ser retirado e entregue o diário dos sintomas. O Holter é habitualmente analisado por um técnico com o auxílio de um programa de computador e revisto pelo médico cardiologista.

Quanto tempo demora?

O Holter demora aproximadamente 10 a 15 minutos a aplicar o registador e menos de 5 minutos a removê-lo. O relatório pode demorar alguns dias a elaborar.

É necessária alguma preparação?

Não é necessária qualquer preparação. Somente deve levar roupas largas de preferência com botões à frente o que facilitará a aplicação do equipamento assim como o seu transporte durante o dia.

Este exame comporta riscos?

É um exame completamente seguro sem qualquer risco. Alguns doentes são sensíveis ao adesivo dos eléctrodos mas não é habitual haver reações alérgicas importantes.

Mamografia

O QUE É?

A mamografia é um tipo especial de radiografia, realizada com aparelhos específicos e constitui a melhor maneira de detectar o início de qualquer alteração nas mamas, antes que o paciente ou o médico possam notá-las. Levando-se em conta a grande frequência do câncer de mama, a mamografia deve tornar-se um exame preventivo de rotina para todas as mulheres, especialmente para aquelas que estejam incluídas no grupo de risco. Toda mulher acima dos 40 anos deve submeter-se à mamografia preventiva pelo menos uma vez por ano.

COMO É FEITO?

O aparelho que faz o exame é chamado de mamógrafo. Ele é uma variante do aparelho comum de raios X. O exame de mamografia convencional dura poucos minutos e o de mamografia digital dura ainda menos. O exame pode provocar alguma dor ou desconforto, em virtude da compressão das mamas, incômodo que fica maior no período menstrual, quando as mamas ficam mais túrgidas e sensíveis.

Pacientes que tenham colocado próteses de silicone podem realizar a mamografia, mas o técnico deve ser avisado, para adotar as providências necessárias. Nesses casos, outros exames como a ultrassonografia ou a ressonância magnética podem ser mais convenientes.

Para fazer a mamografia, a paciente deve estar sem roupa da cintura para cima e ficar de pé diante do aparelho, porque suas mamas serão comprimidas pelo mamógrafo, tanto no sentido horizontal, quanto no vertical, uma de cada vez. A paciente não deve usar creme, desodorante, perfume ou talco, os quais podem deixar resíduos que prejudicam a captação das imagens.

Mapa Da Pressão Arterial

O QUE É?

O exame de M.A.P.A, também conhecido como monitorização ambulatorial da pressão arterial é feito para avaliar as alterações da pressão arterial de um paciente hipertenso ao longo de 24 horas.

Geralmente, o exame é feito para avaliar os efeitos dos remédios para pressão alta, assim como para avaliar que fatores podem provocar aumento da pressão arterial ao longo do dia, ajudando a adequar o tratamento.

COMO É FEITO O EXAME?

Para fazer o exame de M.A.P.A será colocada uma braçadeira no braço do paciente ligada a um aparelho eletrônico, que pode ser transportado no cinto ou no bolso. Depois o paciente deve levar um dia normal, sem cuidados especiais, tendo apenas atenção para se sentar ou ficar quieto quando o aparelho apitar, uma vez que irá medir a pressão nesse momento.

Após 24 horas, o paciente deve voltar ao consultório para retirar a braçadeira e o médico irá fazer a avaliação dos dados, indicando o tratamento mais adequado para o paciente.

CUIDADOS DURANTE O EXAME

O paciente deve fazer as suas atividades diárias normais durante o exame de M.A.P.A, no entanto, alguns cuidados importantes são:

  • Evitar que o tubo da braçadeira fique torcido ou dobrado;
  • Evitar fazer exercício físico;
  • Não tomar banho.

Além disso, também é importante que, caso o paciente tome algum remédio, anote num caderno o nome do medicamento e o horário em que o ingeriu para depois mostrar ao médico

 

Peniscopia

O QUE É?

A peniscopia é um exame de diagnóstico utilizado para observar lesões ou alterações imperceptíveis a olho nu, que podem estar presentes no pênis, escroto ou região perianal.

COMO É FEITA?

​A peniscopia é feita no consultório do urologista e não dói. Para isso, o médico coloca uma compressa com ácido acético em volta do pênis durante cerca de 10 minutos e depois observa a região com a ajuda de um peniscópio, que é um aparelho com lentes capazes de aumentar até 40 vezes.

Caso o médico encontre verrugas ou qualquer outra alteração, é feita uma biópsia com anestesia local e o material é enviado para laboratório, de forma a identificar qual o micro-organismo responsável e iniciar o tratamento adequado.

PREPARO PARA A PENISCOPIA

O preparo para a peniscopia deve incluir:

  • Aparar os pelos pubianos antes do exame;
  • Evitar contato íntimo durante 3 dias;
  • Não colocar remédios no pênis no dia do exame.

Estes cuidados facilitam a observação do pênis e previnem falsos resultados, evitando ter de repetir o exame.

 

Pequenas Cirurgias

Polissonografia

O QUE É?

A polissonografia é o exame realizado para investigar os distúrbios do sono. Nesse exame, é possível avaliar o padrão vigília/sono por meio de sensores posicionados pela superfície do corpo, ou seja, não é um exame invasivo. Consiste no registro simultâneo de variáveis eletrofisiológicas, como a atividade elétrica cerebral (eletro-encefalograma), movimento dos olhos (eletro-oculograma), atividade dos músculos (eletromiograma), frequência cardíaca, fluxo e esforço respiratório, oxigenação do sangue (oximetria), ronco e posição corpórea. O objetivo do exame é fazer um registro do seu sono habitual, isto é, um sono espontâneo e não induzido por medicamentos. O uso de um indutor de sono só é realizado quando há prescrição médica.

PREPARO PARA O EXAME

·         Lavar a cabeça com xampu neutro (sem usar creme, condicionador ou gel)

·         Barbear-se (somente para pacientes que não usam barba normalmente)

·         Não usar esmalte de cor escura

·         Trazer roupa bem confortável para dormir, sem elásticos nos punhos e tornozelos

·         Trazer travesseiro (caso não se sinta confortável usando outro) e objetos de uso pessoal

·         Manter o uso de medicamentos e trazê-los para o laboratório no dia do exame (a suspensão deverá ser feita somente por solicitação médica prévia)

·         Se você estiver habituado ao uso de café puro, refrigerante ou cafeinados, é recomendável que os evite nas 24h que antecedem ao exame

·         Caso use cafeinados diariamente evite mudar a quantidade no dia do exame

·         Não ingerir bebida alcoólica nas 48h que antecedem o exame

·         Em caso de gripe, tosse, febre, ou qualquer outra queixa que não seja frequente e que possa atrapalhar o exame, o mesmo não poderá ser realizado (favor remarcar o exame)

EXCLUSIVO PARA CRIANÇAS: Trazer alimentos e fraldas (não fornecemos alimentação durante a noite, apenas no café da manhã). Se a criança mama à noite, deve-se trazer a alimentação como na rotina de casa.

 

Punção Lombar

O QUE É?

Chama-se punção lombar ao procedimento que retira uma pequena quantidade do líquor (também chamado líquido cefalorraquidiano, líquido que banha o cérebro e a medula espinhal), por meio de uma fina agulha, para exame das suas características físicas, citológicas, microbiológicas e químicas. Em um sentido inverso, a punção lombar também permite que sejam injetadas substâncias medicamentosas no líquor ou na medula (raquianestesia, por exemplo) e medida a pressão no interior da câmara liquórica.

Como se realiza a punção lombar?

O exame não exige qualquer preparo prévio especial. Apenas devem ser evitadas refeições muito pesadas, na hora que antecede ao exame. Se o paciente tem algum problema de coagulação sanguínea ou faz uso de medicamentos anticoagulantes, o médico deve ser avisado.

 

Raio –X

O QUE É

Exame que registra a imagem de ossos, órgãos ou formações internas do corpo utilizando raios X.

COMO É FEITO

O paciente e a máquina que irá fazer o exame são posicionados de acordo com o local do corpo a ser examinado. O técnico que realiza o procedimento dá orientações ao paciente sobre o que fazer antes, durante e depois do registro da imagem. Por vezes é necessário respirar fundo, prender a respiração ou manter uma determinada posição por alguns segundos, para o melhor registro da imagem. Os raios emitidos pela máquina não machucam. Eles passam através do corpo e “marcam” uma placa sensível, gerando a imagem do local desejado.

 

PREPARO

Dependendo do local do exame é necessário tirar a roupa e acessórios (brincos, piercings, relógio, colar, etc.) que possam bloquear a passagem dos raios X e interferir na precisão do exame. Grávidas devem informar seu estado para receber a proteção adequada ao feto durante o exame.

Ressonância Magnética

Retossigmoidoscopia Flexível

Termometria

Teste Ergométrico

Tomografia Computadorizada

Ultrassonografia

Ultrassonografia Com Doppler

Vectoeletronistagmografia

Vídeo Colonoscopia

Vídeo Colposcopia

Vídeo Endoscopia Com Teste De Urease

Vídeo Endoscopia Digestiva

Vídeo Laringoscopia

Vídeo Nasofibroscopia

Vulvoscopia

Para que serve a vulvoscopia

A vulvoscopia serve para diagnosticar doenças que não podem ser visualizadas a olho nu. Esse exame está especialmente indicado para as mulheres com suspeita de HPV ou que tiveram alguma alteração no papanicolau. A vulvoscopia com biópsia também pode auxiliar no diagnóstico de doenças como:

  • Coceira na vulva crônica;

  • Neoplasia intraepitelial vulvar;

  • Câncer vulvar;

  • Líquen plano ou escleroso;

  • Psoríase vulvar e

  • Herpes genital.

​​Antes de realizar uma vulvoscopia recomenda-se:

  • Evitar qualquer contato íntimo 48 horas antes do exame;

  • Não introduzir nada na vagina como por exemplo: medicamentos vaginais, cremes ou absorvente interno;

  • Não estar menstruada durante o exame.

Tomar estes cuidados é importante pois quando a mulher não segue estas orientações o resultado do exame poderá estar alterado.

Polissonografia

Consultas

Angiologia

Angiologia é a especialidade médica que se ocupa do tratamento clínico das doenças que acometem vasos sanguíneos (artérias e veias) e vasos linfáticos. Atua em conjunto com a cirurgia vascular que se ocupa do tratamento cirúrgico das ditas doenças.

Cardiologia

Cardiologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o coração bem como os outros componentes do sistema circulatório.

Dermatologia

Dermatologia é a especialidade médica que tem como objetivo o tratamento do maior órgão humano, a pele. A especialidade engloba ainda doenças causadas em seus anexos: como cabelos, unhas e mucosas, além do tecido subcutâneo (tecido gorduroso).

Fonoaudiologia

A Fonoaudiologia é a área da saúde que pesquisa, previne, avalia e trata as alterações da voz, fala, linguagem, audição e aprendizagem.

Geriatria

Geriatria é o ramo da medicina que foca o estudo, a prevenção e o tratamento de doenças e da incapacidade em idades avançadas. O termo deve ser distinto de gerontologia, que é o estudo do envelhecimento em si.

Ginecologia

A ginecologia literalmente significa "a ciência da mulher", mas na medicina é a especialidade que trata de doenças do sistema reprodutor feminino, útero, vagina e ovários. Quase todos ginecologistas atuais são também obstetras. Os principais problemas tratados com um ginecologista são:

·         Câncer dos órgãos reprodutivos incluindo ovários, tuba uterina, útero, vagina e vulva.

·         Incontinência urinária

·         Amenorréia (ausência dos períodos menstruais)

·         Dismenorréia (períodos menstruais dolorosos - cólicas)

·         Infertilidade e fertilidade

·         Menorragia

·         Prolapso dos órgãos pélvicos

·         Cervicite / Corrimento / Infecção vaginal

·         Doença Inflamatória Pélvica

·         Cisto Ovariano

·         Mioma

Hematologia

Hematologia é o ramo da medicina que tem como função o estudo do sangue, seus distúrbios e doenças. Estuda seus elementos figurados como os glóbulos vermelhos (hemácias), glóbulos brancos (leucócitos) e plaquetas, além de estudar os órgãos onde são produzidos, como a medula óssea o linfonodo e o baço.

Os médicos que se especializam nesta área e fazem exames de sangue são chamados hematologistas. Eles tratam de pessoas que tem doenças no sangue ou distúrbios nos tecidos ou órgãos que produzem o sangue.

Existem várias doenças relacionadas ao sangue, as mais conhecidas são a anemia, hemofilia e a leucemia.

Médico da Dor

Nefrologia

Nefrologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento clínico das doenças do sistema urinário, em especial o rim.

Neurologia

Neurologia é a especialidade que cuida de doenças do cérebro, medula, nervos, e músculos.

Nutrição

A Nutrição é a ciência que estuda a composição dos alimentos e as necessidades nutricionais de cada indivíduo, além dos processos pelos quais o organismo ingere, absorve, transporta, utiliza e excreta os nutrientes.

Ortopedia

A ortopedia é a especialidade médica que cuida das doenças e deformidades dos ossos, músculos, ligamentos, articulações, enfim, elementos relacionados ao aparelho locomotor.

Otorrinolaringologia

otorrinolaringologia é uma especialidade médica com características clínicas e cirúrgicas. Seu campo de atuação envolve as doenças do ouvido, do nariz e seios paranasais, faringe, laringe, cabeça e pescoço.

Pediatria

A pediatria é a especialidade médica dedicada à assistência à criança e ao adolescente, nos seus diversos aspectos, sejam eles preventivos ou curativos.

 

Proctologia

Proctologia é a especialidade médica que busca diagnosticar e tratar as enfermidades que acometem a porção terminal do aparelho digestivo, o cólon, o reto e o ânus. Nesse sentido, é chamada também de colo proctologia.

Psicologia

Psiquiatria

Reumatologia

Urologia

A Urologia é uma especialidade médica que trata não apenas do aparelho genital e urinário masculino - rins, ureteres, bexiga, uretra, próstata, pênis e testículos -, como também cuida do aparelho urinário feminino.

Neuropediatria

Buco Maxilo Facial

Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Cirurgias Gerais

Clínica Médica

Endocrinologia

Gastroenterologia

Mastologia

Obstetrícia

Hematologia

Infectologia

Neurocirurgia

Neuropsiquiatria

Traumatologia

Pneumalogia

Pediatria

Todas as especialidades e todos os exames de imagem e laboratório